Grávidas Viajando

Esse artigo é para você que está grávida e pretende fazer uma viagem de avião. Existem algumas condições específicas para você que está nesse momento tão especial.

Não só pelas questões burocráticas, mas também por cuidado à você que está grávida e ao seu bebê, é fundamental ir ao médico antes de realizar uma viagem.

As regras sobre o embarque de gestantes variam de acordo com cada companhia aérea, por isso para cada caso, você deve verificar quais são as restrições e exigências. Se você for um cliente DV, é só vc avisar no momento do seu atendimento vc está grávida, que a gente te apresenta as condições.

Agora a gente vai falar um pouquinho sobre essas documentações e esses procedimentos.

Se tratando dos voos dentro do Brasil, algumas cias aéreas, até a 29ª semana de gestação, a gestante não precisa apresentar nenhuma autorização para viajar. Já a partir da 30ª semana, deve ser apresentado um atestado médico no aeroporto.

Esse atestado tem que ser emitido até 10 dias antes da viagem e nele deve conter: origem e destino da viagem, datas de saída e chegada dos voos, a descrição de qual semana de gestação você está, e a autorização do seu médico para viajar de avião.

À partir da 36ª semana, algumas cias aéreas exigem que o atestado seja enviado para a área médica da cia aérea . A equipe médica vai avaliar as suas condições para a sua viagem. À partir da 39ª semana de gestação, algumas cias aéreas não fazem o embarque e em caso de gravidez múltiplas os requisitos podem ser diferentes.

Em alguns casos pode ser exigido uma Declaração de Responsabilidade assinada pelo médico e pela gestante e em outros casos, pode até ser exigida a presença do médico durante a viagem.

Vale lembrar que por estar grávida, a mamãe tem direito ao atendimento em tudo que envolver filas.

Bom, essas condições que a gente acabou de falar, vai oscilar oscilar de acordo com a rota e a cia aérea do seu voo, não deixe de consultar a sua agência para você correr risco de não ter o seu embarque autorizado.

compartilhe