Durante a viagem, pagar em dinheiro ou cartão?

Se você vai fazer uma viagem internacional, provavelmente você deve ter se perguntado se vale a pena comprar moeda local , cartão de crédito ou cartão pré-pago? Hoje nosso papo será sobre isso.

Sem dúvida alguma pagar com cartão de crédito ou cartão pré-pago além de ser mais prático é mais seguro pelo fato de você não ter que ficar transportando dinheiro, mas vc precisa considerar a viabilidade econômica também.

É mais prático e seguro, só que é mais caro por conta de dois fatores.

O primeiro é o cotação do dólar que sempre é mais alta do que a cotação de compra de moeda estrangeira, eu já cheguei a ver diferença de 20%.

Em relação ao cartão de crédito, recentemente essa situação melhorou, o Banco Central determinou que os bancos passem a usar a cotação do dia da transação no cartão de crédito.

Antes era muito difícil prever o valor pq a cotação que era utilizada era a do dia do fechamento da sua fatura do cartão de crédito. Se no dia da sua compra o dólar estava 4,10 e no dia do fechamento da sua fatura estivesse 4,50, vc teria que pagar na cotação de 4,50.

Já no cartão Pré-Pago você não tem essa surpresa, no momento em que você faz a recarga você já sabe exatamente o câmbio da sua transação. Um outra vantagem do cartão pré-pago é que o câmbio é menor do que do cartão de crédito e você ainda tem uma margem para negociar essa cotação na sua casa de câmbio.

A outra desvantagem dos cartões é que o IOF, que é o imposto cobrado sob a operação cobrado pelo tanto pelo cartão de crédito, quanto pelo cartão de débito  é de 6,38% enquanto o IOF para a compra de moeda estrangeira é de 1,1%.

O que eu sempre recomendamos é levar uma quantidade em dinheiro e usar o cartão de crédito em situações emergenciais. Nunca sabe ao certo quanto iremos gastar durante uma viagem e quase sempre a gastamos mais do que o planejado, então, é muito importante ter um cartão de crédito para essas emergências.

Se você viaja com frequência para o mesmo país, talvez seja viável vc abrir uma conta corrente nesse país e fazer transferências on-line. Para esse tipo de transação o IOF cobrado é de 1,1% atualmente.

Economicamente falando, comprar moeda em papel é mais viável, só fique atento aos limites de transporte de dinheiro. Tem um outro artigo nosso falando sobre isso, clique AQUI para ver.

Uma outra dica é pra vc manter os cuidados que geralmente vc tem aqui no Brasil. Quando a gente viaja a tendência é de relaxar quanto a segurança, independente de onde vc esteja evite sempre que puder  ficar transitando com muito dinheiro. Leva só o necessário e deixa a maior parte no cofre do hotel.

De forma resumida, você precisa considerar viabilidade econômica, a praticidade e a segurança na hora de fazer a sua escolha.

compartilhe