Cataratas que irão tornar suas próximas férias inesquecíveis

As Cataratas mais conhecidas e incríveis do mundo são as Cataratas do Iguaçu, Cataratas do Niágara e Cataratas de Vitória. Mas elas não são as únicas. Confira duas cataratas para você aproveitar ao máximo a sintonia da natureza, fazer um mergulho e estar rodeado apenas por florestas.

JURASSIC FALLS | MANAWAIOPUNA FALLS, KAUAI | HAWAII

Localização nos recônditos de Kauai, no Havai. A maravilha natural, habitualmente chamada de “Jurassic Falls”, é uma visão de tirar o fôlego com suas deliciosas cachoeiras que pingam em quase todas as montanhas de esmeraldas.

Manawaiopuna Falls é uma das mais notáveis ​​cataratas de Garden Isle que ficou famosa em uma das cenas do filme de 1993 “Jurassic Park”. As cascatas têm aproximadamente 400 metros de altura e são cercadas por uma rica flora. A única maneira de ver essa magnífica cachoeira é de helicóptero, já que está escondida em terrenos particulares em uma área altamente inacessível. 

Assim, enquanto a maioria das empresas de passeios de helicóptero voam por esta linda cachoeira, a Island Helicopters é a única que pode pousar em sua base. O passeio tem cerca de 40 a 45 minutos. Mas o que realmente define a jornada é ser capaz de caminhar por um caminho na floresta tropical que abraça o fundo de “Jurassic Falls”.

Como só pode pousar um helicóptero de cada vez, e apenas um pouco de visitantes é permitido em cada voo, isso contribui para uma experiência particular. Você tem até tempo suficiente para capturar o máximo de fotos possível de vários ângulos. 


CATARATAS GOCTA | AMAZÔNIA PERUANA

A Catarata Gocta possui 2 quedas d’água: a menor com 231 metros e a maior com 540 metros, totalizando uma impressionante queda de água que mede 771 metros de altura no meio do distrito do Amazonas Peruano, e é conhecida como a terceira maior queda d’água do mundo. 

Para chegar até a catarata o turista tem a opção de aceitar a ajuda de cavalo ou andar 6 quilômetros a pé. Sim, são 6 quilômetros até a base da catarata, e passa por uma trilha estreita repleta de altos e baixos, umidade e mata densa. Metade do caminho, 3 quilômetros, são feitos à cavalo e a outra metade à pé, o que dá mais ou menos 1 hora para cada tipo de percurso. Há guias que vão junto acompanhando os cavalos. É possível ver a catarata desde o início da trilha. 

Essa catarata era conhecida pelos moradores locais por séculos, mas nunca havia sido revelada por conter algumas lendas que assustavam as pessoas, e que foi quebrada quando o explorador alemão Stefan Ziemendorff junto com exploradores peruanos descobriram essa maravilha da natureza em 2005. E em 2006 a Catarata Gocta foi mapeada e medida e a partir daí entrou para o ranking de terceira maior catarata do mundo, ficando atrás da Angel Falls na Venezuela e da Tugela Falls na África do Sul. Porém, hoje a Catarata Gocta está na 16ª posição das cataratas mais altas do mundo, segundo informações descobriu-se que essa classificação foi feita com base em informações incompletas e desatualizadas da National Geographic. No site World Waterfall Database tem a lista completa.

Quer curtir uma dessas cataratas? Fale com os consultores da Deu Viagem para montar um pacote sob medida para você.

compartilhe