MANUAL DE VIAGEM
AS DÚVIDAS MAIS FREQUENTES SOBRE VIAGEM

Europa – 10 Dicas Deu Viagem para planejar um roteiro inesquecível para Europa

Montar um roteiro talvez seja um das coisas mais difíceis na hora de planejar uma viagem, principalmente para os iniciantes.

E um roteiro para a Europa, é ainda mais difícil, visto que possui cidades maravilhosas, arquiteturas encantadoras, muitos museus interessantes e a cada passo que você dá, você se depara com uma nova história e uma nova cultura. Enfim, é uma infinidade de opções para os turistas.

Pense que a cada nova viagem ao continente europeu como se fosse a primeira, então não tente conhecer tudo em uma viagem de 10 ou 20 dias, caso contrário, você pode passar a maior parte do seu tempo dentro de um avião, trem ou ônibus, deixando de curtir os lugares em si.

A Europa é considerada um berço de cultura, arte e história do mundo e visitar seus países pode ser uma das maiores experiências da sua vida.

Para fazer uma viagem para Europa é preciso ter seu passaporte brasileiro (dentro do prazo de validade).

Não é necessário visto para quem viaja a turismo, por isso, é possível conhecer a Europa por até 90 dias sem visto nos países que fazem parte do Acordo de Schengen, que é uma convenção entre países europeus sobre uma política de abertura das fronteiras e livre circulação de pessoas entre os países signatários.


Essas 10 dicas vão te ajudar na hora de organizar sua trip:


1 – Quantos dias você ficará na Europa?
Esse é o primeiro passo para determinar todo trajeto da sua viagem.

2 – Quais países irá conhecer?
Ao todo são 50 países no continente e você precisa saber o que visitar. A sua primeira viagem pela Europa pode ser para os países mais tradicionais (como Inglaterra, França, Itália, Espanha, Portugal e Holanda, , por exemplo).

3 – Quantos dias vai ficar em cada lugar?
As grandes capitais precisam de pelo menos três noites. Considere cada dia de deslocamento como um dia meio perdido. Fechar a conta, mudar-se de cidade e se instalar em outro hotel tomam um tempo (e consomem uma energia) muito maior do que imaginamos. Para não se enganar, não leve em consideração o dia da chegada na sua conta de quantos dias ficar em cada lugar.

4 –  Que meio de transporte escolher para se locomover entre os países europeus? Os principais são:  trem, ônibus ou até mesmo avião (há cia aéreas que tornam as passagens bem mais baratas, mas sua mala deve ser pequena para valer a pena).

5 – Por onde chegar e voltar?
Você pode comprar a passagem de ida por um país e a de volta por outro. Se você vai fazer uma viagem de “múltiplos destinos”, compre a passagem de ida até o primeiro destino a ser visitado, e a volta pelo último destino a ser visitado.

6 – Quando comprar a passagem aérea?
Só compre a sua passagem depois que tiver definido todo o seu itinerário, assim é possível comprar a ida para o primeiro país da sua viagem e o retorno partindo do último país da sua lista. Quanto mais cedo você comprar as passagens, melhor, pois você consegue garantir bons preços.

7 – Qual moeda levar para sua viagem pela Europa?
Depende! Em boa parte da europa a moeda utilizada é o Euro, são 19 dos 28 países que fazem parte da União Europeia (UE). No Reino Unido, que é um destino muito visitado por brasileiros, a moeda utilizada é a Libra Esterlina. Já na Suíça, a moeda utilizada é o Franco Suíço.

Por questões de segurança, muitos viajantes preferem levar a maior parte do dinheiro no cartão pré-pago, apesar do IOF mais alto e das taxas pagas a cada saque. É uma boa opção para quem quer viajar com mais segurança.

Já outros preferem levar todo o dinheiro em espécie por causa do IOF melhor. Nesses casos, não deixe de tomar todas as precauções de segurança necessárias.

O cartão de crédito internacional também é uma opção, principalmente para quem não abre mão de ganhar milhas e já começar a garantir as passagens aéreas da próxima viagem. E não se esqueça de avisar ao seu banco sobre a viagem, para que as compras no exterior sejam autorizadas.

8 – É obrigatório seguro viagem?
Sim, para entrar na Europa como turista, contratar um seguro viagem com cobertura mínima de 30 mil euros é obrigatório. Se você ficar doente por lá não terá atendimento gratuito e pode ter certeza que o valor pago por uma simples consulta será muito maior do que o do seguro.

9 – É obrigatório reservar hospedagem?
Sim, é obrigatório ter hospedagem reservada para entrar na Europa. O agente de imigração pode solicitar a confirmação da reserva.

10 – Qual é o orçamento disponível?
A Europa é um destino democrático, e serve à todos os gostos e bolsos. Você consegue fazer uma viagem maravilhosa com uma mochila nas costas gastando pouco, e também estará bem servido se o objetivo for turismo de luxo.

A palavra-chave para criar um roteiro para Europa é planejamento. Definir um roteiro com antecedência faz toda a diferença na hora de pegar a estrada. Na dúvida, nossos especialistas estão à disposição para montar um roteiro especial para você.

Você pode solicitar uma no formulário da página inicial aqui no site, ou falar direto com nossos especialistas por whatsapp. Basta clicar aqui.

Enquanto isso, que tal dar um olhada nos nossos artigos sobre os principais destinos na Europa? Clique no nome das cidades abaixo para ver os detalhes:

Roma, Paris, Munique, Milão, Madrid, Londres, Lisboa, Amsterdã.

 

Este conteúdo foi útil para você?

Obrigado por contribuir!

Sim Não

RELACIONADOS.

ACESSE SUA CONTA PARA
TER ACESSO ÀS SUAS COTAÇÕES

Esqueci minha senha Ainda não sou cadastrado

PARA RECEBER A COTAÇÃO
VOCÊ PRECISA SE CADASTRAR

Já sou cadastrado