Passo a passo para tirar o passaporte comum

Somente no primeiro semestre de 2019, mais de 1,5 milhões de passaportes foram solicitados no Brasil, segundo dados da Polícia Federal.  Mas apesar do número alto de solicitações, muita gente ainda tem dúvida sobre como tirar o passaporte.

Por isso, preparamos uma passo a passo simples para auxiliar você que precisa tirar o seu passaporte. O processo inicial é feito pelo próprio site da PF e consiste nas seguintes etapas:

1- Preencha o formulário eletrônico no site da Polícia Federal:  pf.gov.br

2- Será gerado um boleto para pagamento de uma taxa (que é de RS 257,25 para o passaporte comum). Fique atento: a validade da guia é de 20 dias.

3- O sistema também realizará um agendamento da data em que será preciso ir ao posto da PF. Mas essa opção só será disponibilizada após o pagamento da taxa. Com a GRU paga, é só acessar novamente o site da PF e agendar o atendimento.

4- No dia e horário agendados, vá ao posto de atendimento escolhido levando o boleto pago, o protocolo da solicitação e os seguintes documentos originais:

– Documento de identidade (para menores de 12 anos, pode ser a certidão de nascimento).

– CPF, caso o número desse documento não conste da identidade. Se a pessoa for menor de 18 anos, deve-se levar o CPF do responsável.

– Título de Eleitor e comprovantes de voto ou justificativa na última eleição (nos dois turnos).

– Para homens de 19 a 45 anos: documento que comprove quitação com o serviço militar obrigatório, para homens de 19 a 45 anos.

– Para os naturalizados brasileiros: Certificado de Naturalização.

– Se tiver passaporte anterior, é preciso levá-lo (esteja ou não válido).

5- Os agentes da PF colherão impressões digitais dos dez dedos e tirarão uma fotografia.

6- O solicitante receberá um protocolo com a data de entrega do passaporte (no máximo, seis dias úteis). É preciso ir retirá-lo pessoalmente, levando um documento de identidade. Se não for buscado num prazo de 90 dias, ele será cancelado.

Outras informações importantes

– O passaporte tem validade de 10 anos para maiores de 18 anos e varia de 1 a 5 anos, de acordo com a idade do menor:

– Alguns países não autorizam a entrada com passaportes que vencerão dentro de seis meses. Nesse caso, é preciso pedir outro passaporte antes de viajar. O  ideal é entrar em contato com a embaixada ou consulado do país escolhido para ter a certeza.

– Não existe renovação de passaporte. Quando o documento vencer, é preciso pedir outro e passar por todo o processo de novo.

– Para menores de 18 anos, é exigida a autorização dos pais. Você pode acessar o modelo disponível também na página da PF.

– A PF pode emitir um passaporte emergencial, entregue em até 24 horas, para quem não pode esperar o prazo de entrega comum. Mas isso só é possível em situações “cujo adiamento da viagem possa acarretar grave transtorno” (catástrofes naturais, necessidade de trabalho, motivo de saúde etc.), e é comprovada a urgência.

compartilhe