Dois músicos da equipe do cantor Gilberto Gil, o baixista Magno Britto e o técnico de som Thiago Braga foram barrados no aeroporto de Moscou, na Rússia.

Imigração, uma caixinha de surpresas!

Dois músicos da equipe do cantor Gilberto Gil, o baixista Magno Britto e o técnico de som Thiago Braga foram barrados no aeroporto de Moscou, na Rússia. A imigração alega problemas na documentação dos dois. Mas segundo a produtora Flora Gil, “eles têm a mesma documentação que o restante do grupo, inclusive a de Gilberto Gil que conseguiu entrar sem problemas no País”.

Gilberto Gil, em seu perfil no Instagram, não se pronunciou sobre o assunto, mas fez uma reflexão:

“Eu desenvolvi a noção de que Deus é permanentemente desconhecido. A tentativa de trazê-lo ao plano de conhecimento é uma construção e uma necessidade propriamente humanas. Ele não me diz o que eu devo e o que não devo, quem me diz isso sou eu: o Livre Arbítrio. Ele é o sorvedouro de tudo, onde cabe tudo na vida”.

Já Flora Gil, em seu perfil do Instagram, posta uma reportagem onde fala: Após seis horas, membros da equipe de Gil são liberados em Moscou”.

“Deu certo ✔️ @magnobrito311 e @thiagobragaf soltinhos em Moscou 🇷🇺 🇧🇷”

Segundo nota da produção da Casa Brasil, o cancelamento é “devido a entraves burocráticos entre o Brasil e a Rússia”.

Vamos aprofundar mais sobre esse assunto, a entrada do brasileiro na Rússia.

Brasileiro precisa de visto para viajar para a Rússia?

Não. Todos brasileiros que tenham passaporte válido poderão viajar para a Rússia sem visto, e permanecer no país como turista por um período de até 90 dias.

O acordo entre Brasil e Rússia está em vigor desde junho/2010, e prevê a isenção mútua do visto de turismo. A regra vale para vistos de curta duração, com viagens de até 90 dias.

O Governo da República Federativa do Brasil e O Governo da Federação da Rússia, reconhecendo a necessidade de facilitar as viagens entre os nacionais dos territórios de ambos os países, acordam o seguinte:

Artigo 1

1. Os nacionais do Estado de qualquer das Partes, portadores de passaportes nacionais válidos, estarão isentos de visto para entrar, sair, transitar e permanecer no território do Estado da outra Parte por um período não superior a noventa (90) dias, a cada período de cento e oitenta (180) dias, a partir da primeira entrada.

2. Os nacionais do Estado de qualquer das Partes, portadores de passaportes nacionais válidos, devem obter os vistos apropriados segundo a legislação do Estado da outra Parte se pretendem desempenhar qualquer atividade remunerada ou empregatícia, atividades missionárias, trabalho voluntário, estudos, estágios e pesquisa.

Fonte: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2007-2010/2010/Decreto/D7271.htm

Então por que se ouve tanta reclamação sobre a imigração?

É que eles fiscalizam mesmo, eles olham todas as páginas do seu passaporte, se tiver uma página rasgada, alguma alteração, algo suspeito, você não consegue entrar.

E você tem que preencher um rápido formulário em duas vias. A primeira fica com eles, e a segunda com você. É muito importante manter esse formulário bem guardado, pois tem que entregar ao sair do país.

Vale lembrar: regras de visto podem mudar. Sempre consulte o consulado do seu país de destino antes de viajar. E se permanecer qualquer dúvida, os especialistas em imigração aqui na Deu Viagem podem te auxiliar no que for preciso.

Conheça mais pacotes de viagem

Conheça estes pacotes

Horário de
funcionamento

09:00 às 19:00

Av. Olinda nº 960 Sala 1701, Ed. Trade Tower. Park Lozandes Goiânia-GO - CEP 74884-120

© 2019-2019. Deu Viagem, Todos os direitos reservados.

Agência de viagens Goiânia WhatsApp